quarta-feira, dezembro 13

CPC:Campeonato Nacional Xadrez: 3ª Divisão - Série E


O Campeonato Nacional de Xadrez por Equipas inicia dentro de um mês, no dia 13 de janeiro de 2018. O Clube Peões da Caparica irá disputar a série E, constituída pela equipas (Elo Médio):
1 C Operário Desportivo (S. Miguel; Açores - Elo médio:1778)
2 Estrelas S. João Brito (Lisboa - Elo médio:1884)
3 Ateneu Popular Montijo (Setúbal - Elo médio:1861)
4 NS São Miguel_B (S. Miguel; Açores - Elo médio:1442)
5 ADRC Mata de Benfica_B (Lisboa - Elo médio:2059 )
6 Clube Peões Caparica (Setúbal - Elo médio:1776)
7 GX Alekhine_B (Lisboa - Elo médio:1749)
8 GD Ramiro José (Lisboa - Elo médio:1929 )

O emparceiramento para as 7 rondas é a seguinte:


Bons jogos!!

domingo, dezembro 10

XADREZ: um presente de Natal Milenar


Na minha infância o Natal era diferente do de hoje. 
Na minha memória ficará sempre a marca indelével de uma tarde de 24 de dezembro de preparativos, seguido da montagem do presépio: muito musgo, pedra, sistema de iluminação, um pinheiro natural (extremamente raros em terra de carvalhos das Beiras), lagos, gruta, montanha e planura, os caminhos de areia convergindo à gruta em Belém, finalmente os bonecos (parcialmente herdados do Zé Carteiro), os efeitos da árvore e depois alguns flocos de neves caindo sobre a terra. Passavam-se horas infinitas a aperfeiçoar tudo. Enquanto isso, na cozinha preparavam-se os mais saborosos doces de Natal, as velhozes. Excelentes memórias.


Hoje é tudo instantâneo. Até os bonecos do presépio não têm parança, quando o membro mais novo da família os resolve reajustar regularmente. Os presentes são o ponto central. Mas mesmos para estes a espuma dos dias deixa-nos pouco tempo para refletir. 



Aproveito para vos sugerir aqui um presente único e excecional, uma dádiva reservada aos melhores amigos: um conjunto de xadrez.



Eu sei bem que o Xadrez não está muito na berra. Ainda por cima não têm uma embalagem caprichada. Proponho que comprem um vulgar conjunto de xadrez, e componham a embalagens com frase do tipo:
Jogo educativo milenar” 
Desenvolve: a criatividade; capacidades matemáticas e vocabulário. Aumenta autoconfiança
Estimula a inteligência espacial desenvolve o pensamento lógico e sequencial
Ensina a apreender com os erros para atingir o sucesso
Estas são algumas das muitas possibilidades para fazerem uma embalagem mais bonita e real, e vão ver como os amigos vos irão agradecer. Além disso podem sempre recomendar o Clube Peões da Caparica para virem fazer uma formação melhorada de xadrez.


A ilustrar esta notícia deixei-vos algumas imagens do meu presépio (herança familiar), que deveria ter uma legenda como vejo por aí em certas montras “em montagem”. Também, ficam algumas imagens de um generoso tabuleiro de xadrez que meu amigo Ahmad Mehrbod me trouxe da antiga capital da Pérsia, Ispahan (cidade capital da arte no centro do atual Irão).

sexta-feira, dezembro 8

AlphaZero: morte ou renascimento do xadrez?

Encontra-se a decorrer em Londres o último torneio do Grand Chess Tour, com a presença de 10 dos mais fortes jogadores do mundo (sim, Magnus está lá) e, além das inevitáveis análises das partidas em curso, muito se tem falado de AlphaZero (veja-se a excelente entrevista com Vishi Ananad, no final do seu jogo com Sergei Karjakin). [Editado: "É um pouco irritante vermos que se pode progredir tão rapidamente partindo apenas do conhecimento das regras de xadrez" - tradução livre de um comentário de Vishi Anand].

AlphaZero é um programa de computador ao qual foi “ensinado” apenas as regras do xadrez. Em 24 horas de “estudo”, sem recurso a base de partidas nem a qualquer base de aberturas, apenas usando algoritmos próprios da Inteligência Artificial (IA), AlphaZero foi capaz de vencer o Stockfish, um dos mais fortes programas de xadrez de hoje.

Na verdade, o resultado foi um verdadeiro massacre: 28 vitórias, 72 empates e nenhuma derrota. E o Stockfish estava inserido num computador 900 vezes mais rápido. Chocante, não?

Por trás do AlphaZero está a DeepMind, empresa que recentemente criou o mais forte programa de Go, um jogo de que se dizia nenhum programa informático poder vir algum dia a dominar, tal o número e complexidade de posições. O resultado foi surpreendente: Ke Jie, o genial campeão chinês de Go foi inapelavelmente batido por 3-0, evidenciando as fantásticas qualidades da nova IA.

Garry Kasparov em conversa animada com Demis Hassabis, fundador da DeepMind (Foto: Lennart )
Mas o assombro não fica por aqui: AlphaZero não assenta na força bruta, no cálculo insano de posições que os programas de xadrez hoje conseguem. Na verdade, AlphaZero “apenas” calcula aproximadamente 80 mil posições por segundo, enquanto o Stockfish encontrava-se a correr numa máquina que lhe permitia calcular até 70 milhões de posições por segundo.

Aparentemente, o algoritmo utilizado tem uma abordagem próxima do cálculo humano, selecionando apenas as continuações promissoras. Se quiserem aprofundar mais o assunto, vejam o artigo "Mastering Chess and Shogi by Self-Play with a General Reinforcement Learning Algorithm" publicado pela Cornell University.

Este gráfico mostra que quanto mais AlphaZero “pensa”, mais melhora, em comparação com Stockfish
Após 24 horas de autoaprendizagem, AlphaZero selecionou as melhores formas de iniciar o jogo (aquilo que conhecemos como aberturas) e é muito interessante o resultado: nas primeiras horas preferiu a Defesa Francesa que trocou rapidamente pela Caro-Kann. 




No final, a sua preferência foi para a Abertura Inglesa e para o Gambito de Dama. 



Alguns conceitos mostrados nestas partidas são surpreendentes. Mais informação pode ser obtida no interessante artigo no site Chessbase.


quinta-feira, novembro 30

Xadrez é jogo de equipa


Embora o xadrez pareça ser apenas um desporto individual, a minha experiência tem mostrado que na realidade o xadrez acaba por ser um desporto com uma preponderância interessante a nível do coletivo. A participação em competição, tanto provas locais, como distritais ou nacionais transformam a forma como os jogadores se vêm em competição, e realça-se muito o aspeto coletivo. Com facilidade os jogadores de uma mesma equipa se apoiam mutuamente e isso resulta como um élan para se superarem em competição. 


Exemplo disso, são a interessante participação no Torneio Interno (cuja 5ª ronda acontece hoje ver emparceiramento aqui). No final dos jogos há uma preocupação em analisar e discutir as partidas no sentido de melhoria do coletivo. 


Também, no passado fim-de-semana, o Clube Peões da Caparica participou no distrital de equipas de semi-rápidas, com duas equipas. A constituição das equipas apresentava jogadores com diferentes experiências de competição, no sentido de integrar bem os novos jogadores. E o resultado do coletivo foi melhor que se poderia esperar à partida.

Imagem CPC da 19ª Open da freguesia de Benfica
Amanhã, 7 jogadores do Clube Peões da Caparica irão participar na vigésima edição do Open da Freguesia de Benfica  (ver a lista inicial de cerca de 200 jogadores aqui) e novamente se espera que haja um enquadramento de equipa capaz de suplantar os momentos menos conseguidos. Boa sorte a todos na equipa do CPC e bons jogos!!!

sábado, novembro 25

Duas equipas CPC no Campeonato Distrital


No pavilhão do Independente FC Torrense, no Seixal, 17 equipas disputaram na tarde de hoje, 25 de novembro, o Campeonato Distrital de Semi-Rápidas Equipas. O Clube Peões da Caparica fez-se representar por duas equipas ("A" e "B").


Clube Peões da Caparica "A" 
  1. Américo Costa
  2. António Dias
  3. Fernando Fragoso (Estreia em provas distritais)
  4. João Silva (Estreia em provas distritais)


Clube Peões da Caparica "B"
  1. Tiago Machado (Sub-16)
  2. André Pereira
  3. João Ferreira
  4. Tiago Monteiro (Sub-12)

A equipa CPC "A",  10ª equipa da lista inicial terminou o Campeonato na oitava posição, com duas vitórias, um empate e duas derrotas. A equipa teve uma contribuição muito interessante dos estreantes Fernando e João. 




A equipa CPC "B" fez resultados iguais à equipa "A", mas como fez menos pontos no tabuleiro ficou com pior desempate, ocupando no final a 11ª posição. Para o resultado da equipa muito contribuiu a tarde inspirada dos nossos jovens Tiago Machado e Tiago Monteiro. 



De resto a prova foi um fantástico momento de encontro entre 80 jogadores de todo o Distrito de Setúbal. No final, como esperado o campeonato distrital acabou por ser ganho pela equipa do A.XAT, primeira da lista inicial. Na segunda posição, em igualdade de pontos ficou o Ateneu Popular do Montijo, e no terceiro lugar o GD Cavadas "A", também com os mesmos pontos.

A classificação final no link e abaixo

terça-feira, novembro 21

3.º Torneio do 5º AL-XADREZ – Participação surpreendente na série B

Disputou-se no sábado, dia 18 de novembro, o 3º Torneio do 5º AL-XADREZ na Academia de Instrução e Recreio Familiar Almadense (AIRFA). 


Este torneio teve a participação de 41 jogadores: 17 na série A (jogadores federados e com força de ELO acima dos 1250 Pontos) e 24 na série B (jogadores não federados ou com força de ELO abaixo dos 1250 pontos ELO), provenientes dos concelhos: de Almada (19 jogadores), Seixal (10 jogadores), Lisboa (2 jogadores) e do Porto (1 jogador).
Série A 

 Série B 

Entre os participantes destaca-se e agradece-se a numerosa comitiva vinda do concelho de Seixal, em particular do Independente FC Torrense (13 jogadores). Destaca-se também a participação, nas duas series, de jogadores de várias entidades do concelho de Almada como a Faculdade de Ciências e Tecnologia (1 jogador), o Clube de Xadrez APEST Bobby Fischer (7 jogadores), o Clube de Xadrez Colégio Campo de Flores (1 jogador), a Biblioteca Municipal Maria Lamas (1 jogador), a Instituição: Gira (1 jogador) e a Escola Básica Integrada Vale Rosal (1 jogador). Outra nota a salientar, a participação de 3 atletas do sexo feminino na série B.
O CPC participou com 11 jogadores (8 da série A e 2 da série B).

Na série A, o pódio ficou constituído da seguinte forma:


1º Richard Gerard Belecciu , Clube Peões da Caparica, 6 pontos

2.º Rudolfo Bento, AX Portugal, 5 pontos

3º João Jesus, Independente F.C. Torrense, 4 pontos




Na série B, jogadores abaixo dos 1250 ELO, Esta série, foi muito disputada e após as 6 rondas regulamentares o pódio ficou constituído da seguinte forma:

1.º Diogo Branquinho, Independente FC. Torrense, 5 pontos

2.º João Neves, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 5 pontos

3.º Miguel Monteiro, Clube Peões da Caparica, 5 pontos




As classificações globais das 2 séries podem ser consultadas aqui (Série A) e aqui (Série B).

O CPC agradece à Academia de Instrução e Recreio Familiar Almadense e ao seu presidente (Sr. Pinto Claro) a boa recepção e o apoio prestado. Agradecimentos são ainda devidos à Câmara Municipal de Almada, pelo apoio logístico.

E um agradecimento muito especial ao Mestre João Leonardo, pelo seu apoio no decurso do torneio, nomeadamente na série B.

O próximo torneio deste circuito, será no dia 28 de janeiro de 2018, no Colégio Campo de Flores

Contamos consigo!

terça-feira, novembro 14

3º Torneio 5º AL-XADREZ, sábado às 14h30



O 5º AL-XADREZ, continua com a terceira prova de xadrez, no próximo sábado, dia 18, na Academia de Instrução e Recreio Familiar Almadense, 

Rua Capitão Leitão, nº64  
2800-068 Almada  

Coordenadas GPS: 38º 40' 51'' N ; 09º 09' 37'' W 

Segue abaixo o mapa com o percurso entre a saída da A2 e o local da prova. Google maps aqui



O 5 Al-Xadrez é gratuito e aberto a jogadores de todas as idades que já saibam jogar. Os jovens que praticam xadrez nas diversas escolas do concelho são convidados a participar. Também quem joga xadrez habitualmente em casa, com os amigos ou no computador é convidado a participar, conviver e divertir-se entre amigos com este jogo milenar. O Xadrez é para todos!!
 
Faz já a tua inscrição pelo e-mail: xpeoes.caparica@gmail.com