segunda-feira, janeiro 15

4º Torneio 5º AL-XADREZ sábado às 14h30

O 5º AL-XADREZ, continua com a quarta prova de xadrez, no próximo sábado, dia 20, no Colégio Campo de Flores, morada, N10-1 Lazarim, 2829-514 Caparica.
Coordenadas GPS:   Latitude – N 38° 38′ 50″ Longitude – E 09° 02′ 06″




Fonte: site do Colégio Campo de Flores


Recomenda-se que quem venha de Lisboa, tome o IC20 na direção da Costa da Caparica. Siga até à na saída 3 e vire à direita em direção a A33 (indicações para Montijo/Charneca/Barreiro). Siga pela saída em direção a Sobreda/Lazarim/Vila Nova (230 m).Na rotunda, siga pela 1.ª saída para N10-1. O destino encontra-se à esquerda.

O 5 Al-Xadrez é gratuito e aberto a jogadores de todas as idades que já saibam jogar. Os jovens que praticam xadrez nas diversas escolas do concelho são convidados a participar. Também quem joga xadrez habitualmente em casa, com os amigos ou no computador é convidado a participar, conviver e divertir-se entre amigos com este jogo milenar. O Xadrez é para todos!!

Faz já a tua inscrição pelo e-mail: xpeoes.caparica@gmail.com


domingo, janeiro 14

Dramático vence os Peões na 1º ronda CNE 3ªDiv Ser E

Iniciou ontem o Campeonato Nacional de Equipa 2017-2018, 3ª Divisão série E, e a equipa do Clube peões da Caparica deslocou-se à casa do Grupo Dramático Ramiro José, em Lisboa. 


A equipa da casa, com maior ELO médio, venceu o CPC por 3-1. Os resultados por tabuleiros são indicados na imagem seguinte:


Esta foi a primeira ronda deste longo campeonato, conforme podem consultar na lista abaixo.


quinta-feira, janeiro 4

Tomada de decisão

"Opera di Lucis" pelo Italiano Luca Zampini

Na sequência da última sessão de treino  de 2017 voltamos hoje na sessão da Xadrez sénior à análise da melhor trajetória entre a abertura e o final. 

O meio jogo gera posições complexas, difíceis de analisar e o treino destas capacita os jogadores na análise de posições reais de jogo. Ao contrário dos programas tradicionais de análise, o ser humano, de acordo com a sua experiência, considera apenas algumas variantes que podem ou não conter a variante ou variantes que melhor responde à posição em presença. 

Para exemplificar a aplicação dos princípios de tomada de decisão deixo dois exemplos recentes do Campeonato Nacional Norueguês.

Na posição 1, abaixo, após o lance 37 das brancas como podem as negras responder para levarem vantagem posicional? 

Danish XtraCon League - 17-12-2017: MF Matthiesen, Martin (2307) vs MI Teplyi, Igor (2412)

Na posição 2 abaixo, as brancas desprezam o potencial de ataque das negras e capturam em a7; terá sido a melhor decisão? 

Danish XtraCon League - 17-12-2017: MF Sylvan, Jacob (2360) vs MF Stojanovski, Sandi (2270)
Boa análise!!

terça-feira, janeiro 2

Tiago Machado em forte progresso


O jovem Tiago Machado tem demonstrando um ascendente de forma xadrezística assinalável. 

O Tiago Machado em consequência do Torneio Interno 2017 CPC, que terminou no passado mês de dezembro, subiu 45,6 pontos de ELO (ver registo FIDE aqui) na lista que saiu ontem.

Também, em dezembro o Tiago participou com distinção no intensivo torneio Lisbon Christmas Chess Open 2017 (26 a 30/12), com 9 rondas em 5 dias. Nesta prova as primeiras 6 rondas correram de feição a este jovem jogador Peonino, porém em consequência do cansaço perdeu os últimos 3 jogos. Ainda assim, na lista de ELO de fevereiro irá subir mais 88,8 pontos de ELO.

Parabéns Tiago Machado pelo performance obtida, e desejamos que em 2018 essa ascenção de forma xadrezistica continue!!

quinta-feira, dezembro 28

TREVO: Treino final de 2017


Terminando o ano de 2017 alguns dos jogadores séniores do Clube Peões da Caparica fizeram esta quarta-feira um torneio de rápidas na afamada fábrica de cerveja artesanal TREVO da CAPARICA do nosso amigo e jogador CPC João Brazão. Naturalmente, este torneio incluiu uma prova das diversas cerveja artesanais que recomendamos. Quem pretender saber mais sobre estas cervejas pode consultar o link.


Os jogos foram ótimos e o convívio que gerou entre os jogadores do CPC ainda foi melhor!! Prometemos desde já que em 2018 iremos organizar um torneio de xadrez no espaço comercial da TREVO da CAPARICA.


BOM ANO 2018 a todos!!

sexta-feira, dezembro 22

Xadrez uma luta sempre inacabada!!


Podemos entender uma partida de xadrez como um percurso mais ou menos sinuoso entre a abertura e o final. Cada jogador sonha percorrer esse percurso numa trajetória mais ou menos suave (percurso encarnado) mercê dos seus conhecimentos, e simultaneamente tornar tão complexo quanto possível a vida do oponente (percurso amarelo). Assim, uma partida de xadrez talvez possa ser representada por uma sucessão de caminhos por uma cordilheira montanhosa, como múltiplos obstáculos como o representado na figura acima.

Se conseguirmos percorrer o percurso mais equilibrado ao longo da partida temos a vantagem de fazer menos esforço e estaremos mais disponíveis para abordar energeticamente os pontos chaves – estados de transição (como o pequeno circulo no centro do desenho onde se cruzam as trajetórias). Porém o jogador que percorre a trajetória mais complexa, atinge os pontos chaves cansado e tem maior probabilidade de não aproveitar aí os motivos táticos ou estratégicos mais simples que lhe possam surgir.


Para exemplificar como uma partida de Xadrez é uma aventura atribulada cheia de pontos chaves vamos ver a partida entre o Romeno Richard Belecciu (de brancas) e o Brasileiro André Pereira (de negras), na 7ª ronda do Torneio Interno 2017 Clube Peões da Caparica. Para não maçar iremos apenas discutir meia-dúzia de pontos chaves (estados de transição) desta fantástica partida entre dois aficionados Peoninos. 

No 9ª jogada as brancas retiram o Bispo para b3 resultando na posição de transição 1

Esta posição aparenta uma vantagem considerável para as brancas nomeadamente em desenvolvimento e espaço, embora ainda não tenham feito Roque. Como poderão continuar as negras para procurar igualar, e encontrar a tal trajetória mais curta?


Os programas de análise de jogo dão uma vantagem de quase dois peões para as negras se jogassem aqui 9. … c5 [9. …c5 10. Nf5 Bxf5 11. exf5 c4 12. Ba4 a6 13. g4 b5 14. g5] Mas as negras jogaram primeiro 9. … a6 seguido de 10. … c5. Nesta altura já foi tarde, pois a posição resultante era equilibrada.

No 14º lance as negras jogaram de forma provocatória 14. … Bg5; atingindo-se a estrutura de transição 2.


As negras pretendem neutralizar o defensor Bispo branco. As brancas jogaram Dama d2 complicando a sua posição, se seguisse por exemplo com 15. … Cc4. O programa de análise propõe que a trajetória mais suave para as brancas seria 15. f4. Porém, o Richard não pretendia, tão cedo, alterar definitivamente a sua estrutura defensiva de Peões.

As brancas pretenderam tomar contra do centro e distraidamente jogaram 18. Td2 originando a estrutura de transição 3.

Nesta posição é de sonhos para o bando verde e amarelo. Com facilidade o André poderia ter tomado conta do jogo e ter ficado com vantagem de 3 Peões, com a simples manobra 18. … Cc4 19. … Cxb2 20. …Cc4 21. … Cxd2. Todavia, o André queria ganhar o jogo e não material. As peças negras apontam todas à ala de Rei e desviar o Cavalo para c4 era quase um sacrilégio da posição Brasileira. 

E aí o André tirou da cartola 18. … Cg4. E esta hein? (como diria o inesquecível jornalista Fernando Pessa)


Não se compreende facilmente porquê as negras oferecem um Cavalo. Porém, as brancas mandando às ortigas as regras da Escola Russa (que impõe tomar sempre na direção do centro) comem do centro para a periferia: 19. fxg4

Após energéticas trocas de peças, joga-se 21. Cf4. E o jogador de negras que passou ao lado de todas as trajetórias mais fáceis, está cansado e comete um erro primário jogando 21. ... Txf4

Algumas jogadas confusas seguem-se e a posição cai na estrutura de transição 6 abaixo.


A posição é um tanto aguda. As negras talvez pudessem considerado trocar a Torre e Cavalo pela Dama branca. Porém, o cansaço impos o jogo mais fácil 26. … Txc2

As brancas nesta situação só sonham converter o seu Peão de d em Dama e com ligeireza interromperam alinha de mate interpondo Cavalo.


Aqui ambos os jogadores estão cansados, e em apuros de tempo. A posição tem sabor a Natal! Descubram o presente que as negras dispensaram ao jogarem 27. … e5

Boas Festas!!

Torneio de Xadrez de Natal do CCRAM - 2017



Realizou-se no domingo dia 17 de dezembro, o Torneio do CCRAM 2017, organizado pelo Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho (CCRAM), disputado no sistema suíço até 7 sessões, no ritmo de semirrápidas 10+5 seg.

Este torneio contou com a participação de 52 jogadores.

O Clube Peões da Caparica, participou neste evento com 7 jogadores, Américo Costa, Richard Belecciu, Jorge Gomes, Alberto Martinho Tiago Machado, Miguel Martinho e Miguel Monteiro.
Num torneio muito disputado, após as 7 ronda ficou ordenada a classificação geral:






Sendo que, as classificações dos jogadores do Clube Peões da Caparica ficaram assim ordenadas.  Américo Costa ficou em 5.ºlugar, Richard Belecciu ficou em 9.º lugar, Tiago Machado em 16.º lugar, Miguel Martinho em 18.º lugar, Alberto Martinho em 21.º lugar, Jorge Gomes em 25.º lugar e Miguel Monteiro em 32.º lugar.